terça-feira, 17 de setembro de 2013

❝O que é isso? O que é esse vicio que não me deixa parar de falar de você? O que é isso que você faz comigo quando chega. Faz meu coração disparar e meu estomago esquentar. O que é isso que a gente ta fazendo, se apegando, se amando e não conseguindo escapar. Até parece um livro, onde os personagens não podem sair de seus papeis. Eu até conseguiria ficar sem comer, sem beber até sem falar, mas sem você, isso nunca será possível. É não adianta fica desesperado, você não vai conseguir sair dessa minha vida amarga e doce, o doce foi você quem trouxe. Eu até pensei em deixar o vento te levar, e seguir os conselhos alheios, mas meu bem, eu preferi deixar os conselhos pra ouvir depois e escolhi viver. Pensando bem, eu sei quem vai ser o mocinho triste e chorão dessa historia, lamentando por não ter amor. Se você pensar bem, se você quiser você pode pegar um lápis ou uma caneta ou até mesmo vir aqui no Word, terminar essa historia com o um final feliz. Só não me leve para esses castelos, onde flores cantam e pássaros falam. Prefiro deixar isso nos livros de contos de fadas. Eu quero mesmo é ir pra sua casa, onde a cama nos esquenta, onde seu olhar quem fala e nosso beijo que nos cala. Na sua casa, onde você vai ouvir minha gargalhada, e meus ouvidos ouvirem você dizer coisas que fazem minha barriga doer de tanto rir. Só por hoje pegue em minhas mãos e dança comigo nossa canção, aquela canção que eu sempre desejei dançar contigo. Compra aquele vinho, aquele que você sabe que eu gosto e venha aqui mesmo no coxão jogado na sala. Deixe-me surrar de novo aquela canção que você não queria parar de ouvir. E eu juro que te deixo ir embora amanhã de manhã, e não deixar-te me ver chorar por ter ver partir. O meu medo é o meu coração aflito se partir ao meio e o seu continuar inteiro. 

Curta também → http://goo.gl/CIfpkt